Notre méthodologie

Notre méthodologie

As formações da Alliance Française baseiam-se no Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas e no Metodo Accional.

O objectivo do Método Accional é de adquirir competências práticas que possam ser utilizadas para realizar tarefas e resolver problemas em todas as situações da vida quotidiana, pessoais ou profissionais. Desta forma, a comunicação oral é fundamental. Os conteúdos de gramatica e os vocabulários são sempre adquiridos em actividades práticas e comunicatívas. Os alunos também adquirem conhecimentos sobre o contexto cultural para usar o idioma de forma pertinente. Criado em 1990 sob a batuta do Conselho da Europa o CECR (Quadro Europeu Comum de Referência), descreve de maneira detalhada todos os contéudos que os alunos devem adquirir em cada etapa do seu aprendizado.

O nível A, é o nível do utilizador elementar.
Divide-se em dois subníveis: A1 (A1.1, A1.2, A2.1) e A2 (A2.2, A2.3, A2.4)

A1 (total: 150 horas): É capaz de compreender e usar expressões familiares e quotidianas, assim como enunciados muito simples, que visam satisfazer necessidades concretas. Pode apresentar-se e apresentar outros e é capaz de fazer perguntas e dar respostas sobre aspectos pessoais como, por exemplo, o local onde vive, as pessoas que conhece e as coisas que tem. Pode comunicar de modo simples, se o interlocutor falar lenta e distintamente e se mostrar cooperante.

A2 (total: 150 horas): É capaz de compreender frases isoladas e expressões frequentes relacionadas com áreas de prioridade imediata (p. ex.: informações pessoais e familiares simples, compras, meio circundante). É capaz de comunicar em tarefas simples e em rotinas que exigem apenas uma troca de informação simples e directa sobre assuntos que lhe são familiares e habituais. Pode descrever de modo simples a sua formação, o meio circundante e, ainda, referir assuntos relacionados com necessidades imediatas.

O nível B, é o nível do utilizador independente.
Divide-se em dois subníveis: B1 (B1.1, B1.2, B1.3, B1.4) e B2 (B2.1, B2.2, B2.3, B2.4)

B1 (total: 200 horas): É capaz de compreender as questões principais, quando é usada uma linguagem clara e estandardizada e os assuntos lhe são familiares (temas abordados no trabalho, na escola e nos momentos de lazer, etc.) É capaz de lidar com a maioria das situações encontradas na região onde se fala a língua-alvo. É capaz de produzir um discurso simples e coerente sobre assuntos que lhe são familiares ou de interesse pessoal. Pode descrever experiências e eventos, sonhos, esperanças e ambições, bem como expor brevemente razões e justificações para uma opinião ou um projecto.

B2: (total: 200 horas): É capaz de compreender as ideias principais em textos complexos sobre assuntos concretos e abstractos, incluindo discussões técnicas na sua área de especialidade. É capaz de comunicar com um certo grau de espontaneidade e de à-vontade com falantes nativos, sem que haja tensão de parte a parte. É capaz de exprimir-se de modo claro e pormenorizado sobre uma grande variedade de temas e explicar um ponto de vista sobre um tema da actualidade, expondo as vantagens e os inconvenientes de várias possibilidades.