Arquivos

Ao longo do ano, em vários locais da capital, a Alliance Française de Luanda realiza concertos, palestras, teatro… para propiciar o intercâmbio e a descoberta.

Exposição de fotografia

MULHERES RESISTENTES
De Pierre-Yves Ginet

No dia 25 do corrente mês (5ª feira) pelas 18h30 no Camões/Centro Cultural Português (Av. de Portugal nº 50) será inaugurada a exposição fotográfica MULHERES RESISTENTES, promovida pela Alliance Française de Luanda, que reúne 22 trabalhos do fotojornalista francês Pierre-Yves Ginet.

Os trabalhos fotográficos apresentados foram recolhidos em 22 países de vários continentes. Do Tibete à Turquia, do Perú à Argélia, da Argentina a Marrocos, da França ao Haiti, da R.D. do Congo ao Nepal, da Palestina ao Sudão, do Rwanda ao Cambodja, da Bélgica ao Kosovo. Todos eles são testemunhos da luta das mulheres anónimas no mundo actual.

A exposição, que foi concebida em estreita colaboração do Centro de História da Resistência e Deportação de Lyon e com a Associação “Mulheres Aqui e Além”, aborda temas chave da luta das mulheres em prol do objectivo comum de construção de um futuro melhor para as gerações vindouras. O respeito pelas minorias étnicas, o direito à cidadania plena, a luta contra a discriminação, contra o preconceito, contra a injustiça, contra todas as formas de violência e a luta pela liberdade.

Após o fim da exposição no Instituto Camões (dia 9 de Março), os paneis circularão em outros lugares da cidade e do pais.

Guitarrista Thibault Cauvin

No âmbito da sua programação cultural 2016, a Alliance Française de Luanda tem a honra de receber um dos guitarristas mais talentosos da sua geração: o francês Thibault Cauvin ! Se apresentou como solista nos palcos mais prestigiados: Carnegie Hall em Nova York, Sala Tchaikovsky em Moscou, Wigmore Hall em Londres, Théâtre des Champs Elysées em Paris, entre outros.
Na terça-feira, 2 de Fevereiro, a partir das 19h30, no Centro Cultural Brasil-Angola (Bairro Coqueiros), irá interpretar composições clássicas, grandes sucessos do jazz e da bossa nova e composições próprias.

Entrada gratuita & Preenchimento dos lugares por ordem de chegada do público

Organização: Alliance Française de Luanda, Centro Cultural Brasil Angola

Apoio: Embaixada da França em Angola, FESA, Air France

No domingo, 31 de Janeiro, à partir das 14h, o guitarrista também ministrará no CCBA uma master class gratuita e aberta ao público. Os músicos interessados podem inscrever-se pelo email: culture@afluanda.com

Festa EuropAfrik Electrónica 2015

A Alliance Française e a Embaixada da Espanha
promovem a

Festa EuropAfrik Electrónica,
Com os DJs JESS & CRABBE (FRA), RAMIRO LOPEZ (ESP) E RICARDO ALVES (ANG)
NO DIA 28 DE NOVEMBRO, A PARTIR DAS 23h00,
NO LOOKAL OCEAN CLUB
ENTRADAS : 2000KZ MULHERES / 3000KZ HOMENS

Na pista do Lookal Ocean Club, num ambiente caloroso e relaxado da vida noturna luandês, os Djs Franceses, Espanhol e Angolanos suceder-se-ão sem interrupção, para fazerem-nos vibrar na ‘’Festa EuropAfrik Electrónica’’, no dia 28 de Novembro de 2015. A programação dará lugar aos amantes da Afro-House e do Kuduro: os franceses Jess & Crabbe, à perola espanhola, Ramiro Lopez, que faz dançar os dancefloors do mundo inteiro, e o líder angolano da música electrónica, Ricardo Alves. Uma reunião de talentos que promete corpos em ritmo e uma grande ebulição!

Com o objectivo de promover o intercâmbio cultural, colocar DJs e produtores no mapa internacional da música electrónica e fortalecer o relacionamento entre profissionais com trocas de experiências ou encontros de trabalho, a festa será precedida de um :

Workshop,
NO DIA 26 DE NOVEMBRO, À PARTIR DAS 16h00
NO MYSPACE (dentro do Cefojor, espaço do Dj Ricardo Alves)
ENTRADA GRÁTIS

Siguem o evento na página Facebook da Alliance Française de Luanda : Facebook
O evento recebe o apoio da Air France e da Embaixada da França.

COP 21 - Laurence Caramel

No âmbito da 21ª Conferência Internacional do Clima (COP 21) que realizar-se-á em Paris nos próximos meses de Novembro e Dezembro, a Alliance Française de Luanda e a Embaixada da França em Angola têm o prazer de receber Laurence Caramel, Jornalista no jornal Le Monde. Para além de ser um tema da actualidade, as conferências, organizadas em diversas instituições, poderão contribuir para a sensibilização do público geral, dos estudantes e docentes a essa problemática.

CONFERÊNCIA : “ Mudanças climáticas e o desafio da África na 21ª Conferência Mundial do Clima”

Os factos são conhecidos : a África é responsável por menos de 4% das emissões globais de gases com efeito de estufa, mas, é uma das regiões mais afectadas pelos impactos das alterações climáticas. Como as pequenas ilhas ameaçadas pela submersão, o continente devolve aos países poluidores as suas responsabilidades morais na negociação que deve em princípio levar ao primeiro acordo global para a luta contra as alterações climáticas, em Dezembro, em Paris. Mas, no entanto, será a África capaz de ser ouvida para conseguir compromissos aos limites das suas próprias necessidades? Tudo dependerá de sua capacidade em unir-se em bloco. Ora, se a África falar oficialmente como uma só voz na câmara da Convenção do Clima da ONU, é singularmente carente de "líderes" para levantar as suas reivindicações. Se Meles Zenawi, no seu tempo, foi capaz de encarnar essa voz da África, não tem hoje nenhum sucessor. E por trás de uma unidade visível, os interesses dos 54 países - dos países do Sahel, desprovidos de recursos, ao novo Eldorado petrolífero, estão longe de serem sempre convergentes.

  • 28 de Outubro de 2015 – 15h00 – Mediateca de Luanda, Largo das Escolas – Entrada Grátis – Tradução em Português
  • 29 de Outubro de 2015 – 15h00 – Salão Nobre da Universidade Católica de Luanda, Av. Pedro de Castro Van-Dúnem Loy 24 – Entrada Grátis – Tradução em Português

Pages